Meios de Pagamento: um mercado em ebulição.

15-09-2015

Eye4tech IoT Internet of Things Beacon iBeacon Arduino IOTZONE Google's New Project Is So Insanely Advanced It Will Blow You Away.

Em 2014, os pagamentos por meios eletrônicos registraram um volume de U$S 47 trilhões, segundo o Instituto Euromonitor. Em 2016, espera-se que os pagamentos com cartão ultrapassem os pagamentos em dinheiro e cheques e se tornem o método preferido de pagamento em todo o mundo. No comércio eletrônico, essa é uma tendência sem volta.

De janeiro de 2014 até julho de 2015, foram feitas mais de um bilhão de transações sem contato. Novos entrantes em pagamento sem contato, como Apple Pay, Samsung Pay ou Android Pay, abrirão caminho neste mercado e ameaçam gigantes tradicionais de meios de pagamento, como Visa e Mastercad.

Com novos participantes não bancárias, os bancos terão de se reinventar para não perder mercado. Em 2014, o Banco Mundial estimou que metade da população adulta - mais de 2,5 bilhões de pessoas - não tinha uma conta bancária "física". Esses recém-chegados ao setor de pagamentos podem capitalizar sobre isso, em especial apelando para a base de clientes mais jovem, que terão um papel fundamental nessa mudança. Em 2014, os cartões de NFC e LTE tiveram um crescimento superior a 100%, segundo dados da Frost & Sullivan.

As pesquisam mostram que o NFC está se tornando um sistema em rápida expansão, com uso em terminais POS, vending machines, etc. Segundo especialistas, o uso intensivo de software pelo setor de meios de pagamento, pode substituir o hardware utilizado até este momento mais rápido do que se poder imaginar, trazendo novos desafios para o setor.

Fonte: Claudiney Santos - Jornalista especializado na área de TI - (Blog)