Em 4 anos, 25% da população mundial usará serviços bancários móveis.

04-09-2015

Eye4tech IoT Internet of Things Beacon iBeacon Arduino

A adesão aos canais de ‘mobile banking’ está globalmente em ascensão, tanto em termos de usuários quanto de negócios. Essa é a principal conclusão feita a partir dos resultados da recente pesquisa da KPMG, com dados preliminares coletados pelo setor de Evidence Lab do banco de investimentos UBS. De acordo com o estudo, a previsão é que o número de usuários de serviços bancários móveis dobre em 4 anos, alcançando 1,8 bilhões de usuários.

Esse número corresponde a mais de 25% da população mundial e deve ser atingido em razão da rapidez na adoção de novos clientes por parte de instituições financeiras que prestam esse tipo de serviço. Segundo informações do ‘Global Mobile Banking Report’, os sistemas usados pelos bancos e prestadores de pagamentos móveis estão sendo desenvolvidos com integração cada vez maior com outras tecnologias.

Era do 'open banking'

Dados da KPMG informam também sobre uma tendência em voga entre os desenvolvedores do mercado de mobile banking. De acordo com o relatório, os bancos que não desenvolverem e praticarem estratégias mobile sairão derrotados pelos concorrentes, perdendo inclusive, em um curto prazo, clientes e oportunidades de vendas cruzadas.

Batizado de ‘open banking’, o conceito descreve a ampliação, a longo prazo, de opções disponíveis aos clientes relacionados ao uso de canais, sistemas operacionais e dispositivos móveis, incluindo celulares, smartphones, tablets e wearables. Um exemplo prático mostra um consumidor em uma loja física, usando um app de realidade aumentada e com seu telefone conectado a uma TV, reconhecendo e fornecendo informações de compra, lendo comentários de outros usuários e escolhendo opções de crédito.

O relatório destaca ainda as 3 principais áreas que os bancos precisam se concentrar para tirar maior proveito dos serviços bancários móveis e, consequentemente, da era 'Open Banking': Expansão e personalização dos serviços bancários móveis, investimentos maiores em startups e incubadoras, além do principal aspecto: "A inovação deve ser apoiada por segurança sólida”, afirma David Hodgkinson, diretor da divisão britânica da KPMG.

O autor do relatório enfatiza também a importância das instituições se adaptarem às novas possibilidades tecnológicas: "Os bancos devem se adaptar ou morrer. O mobile banking é superior a todos os outros canais como principal ponte banco e consumidor. Muitos deles já assumiram o desafio e investem em novas e pioneiras iniciativas de infraestrutura. Já outros devem seguir o exemplo e comprometerem-se a acompanhar o ritmo da mudança”.

Fonte: mobifeed

Eye4tech IoT Internet of Things Beacon iBeacon Arduino

Eye4tech IoT Internet of Things Beacon iBeacon Arduino