IoT deve gerar US$ 11 trilhões em benefícios para a economia mundial.

26-06-2015

Eye4tech IoT Internet of Things Beacon iBeacon Arduino

Dados da McKinsey indicam evolução do setor e apontam que empresas que souberem aproveitar as informações geradas pela internet das coisas sairão à frente.

Um estudo realizado pela McKinsey Global Institute prevê que a internet das coisas (IoT, na sigla em inglês) em 2025 pode gerar de US$ 4 trilhões a US$ 11 trilhões em benefícios econômicos globais. Isso inclui lucros para os fabricantes de dispositivos, novos negócios e economia para os consumidores de produtos.

Pode parecer difícil de medir o benefício econômico atual, porque a maioria dos fabricantes ainda está em fase de investimento inicial. No entanto, o potencial nos próximos anos é enorme.

Os maiores ganhos devem acontecer em empresas que descobrirem como se adaptar à nova tecnologia, segundo o relatório. Em uma plataforma de perfuração de petróleo, por exemplo, isso pode significar saber a temperatura ou mudanças químicas em uma bomba ou até mesmo longe da bomba. Na gestão de tráfego da cidade, isso pode significar aprender a equilibrar corretamente as informações de carros, estradas e semáforos.

A McKinsey, alerta, no entanto, que não basta ter acesso a essas informações, é preciso saber usá-las, algo parecido com o que aconteceu com os computadores quando eles chegaram ao mercado.

Fonte: IT Forum 365